Sub-categorias

Notícia

Cristas quer 'subir de divisão' para ser primeira-ministra

Líder do CDS-PP diz que partido pode “chegar a outro patamar” e começa a preparar Europeias e Legislativas.
Por Luís Oliveira|11.03.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Assunção Cristas garantiu ontem aos militantes que está pronta para ser chefe de Governo. Na primeira intervenção do 27º congresso do CDS, em Lamego, considerou que o partido pode "chegar a outro patamar" e que "é possível disputar a primeira liga".

Sem oposição interna – todos os autores de moções alternativas disseram que estão com a líder e que apenas se limitam "a apresentar posições complementares", Assunção Cristas vai este domingo sair com a sua posição de líder reforçada e colocar na estrada a campanha para as próximas Legislativas e Europeias. "O que vos proponho com esta moção é claro: estar um passo à frente na preparação das eleições, com trabalho de terreno, de proximidade, com abertura do partido a tantas e tantas pessoas que hoje se dispõem a ajudar-nos", reforçou.

"Queremos ser uma alternativa a um Governo das esquerdas encostadas, que gere o dia a dia e não pensa no futuro; que esconde a austeridade na degradação dos serviços públicos essenciais" – deu o exemplo do problema na ponte 25 de Abril; "uma alternativa a um governo que continua a aumentar a dívida pública e que não está a aproveitar a conjuntura externa favorável", adiantou. Para Cristas, o "verdadeiro adversário é o PS, António Costa e o Governo das esquerdas", disse, envolta numa salva de palmas.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!