Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
5

INVESTIGADORES DA PJ BOICOTAM CERIMÓNIA

A tomada de posse marcada para segunda-feira de novos directores e subdirectores na PJ está inquinada. É que na calha está a nomeação de Ilda Pação para o cargo de subdirectora nacional adjunta para os recursos humanos, mas os investigadores criminais, que constituem o cerne da PJ, contestam a decisão que partiu do director nacional recém-nomeado Santos Cabral.
4 de Setembro de 2004 às 00:00
Ilda Pação é quadro superior da PJ mas da carreira administrativa, uma condição que para os investigadores criminais não é compatível com a nomeação, segundo vários elementos adiantaram ao Correio da Manhã. O lugar tinha sido deixado em aberto por Adelino Salvado e antes era ocupado por Ana Mafalda, actualmente na Interpol.
É o primeiro grande desafio colocado a Santos Cabral, com a própria ASFIC (a associação profissional que enquadra os investigadores criminais) a considerar a nomeação “ilegal”, à “luz da actual Lei Orgânica da Polícia Judiciária”, de acordo com um comunicado da associação chegado à Comunicação Social. A ASFIC refere ter sido contactada pelo director nacional da PJ que “colocou completamente de lado a hipótese de esta nomeação ser uma afronta à carreira de investigação criminal” e explicou que as funções de Ilda Pação se situaria nos recursos humanos, mas a associação liderada por Carlos Anjos não está satisfeita: “(...)
Continuamos a não poder concordar e muito menos apoiar esta nomeação”. Os outros nomes são Paulo Rebelo e Carlos Farinha, para Lisboa, José Abrantes, Coimbra, Oliveira Neto, Faro, Santos Silva, Departamento Técnico, e Domingos Baptista, Recursos Humanos, mas as nomeações são pacíficas.
As consequências são graves, uma vez que a ASFIC não vai estar presente na tomada de posse de segunda-feira, e Carlos Anjos garantiu mesmo ao CM que “futuramente não iremos estar presentes nas reuniões” onde Ilda Pação venha a participar.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)