Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Revisão só para referendo

O constitucionalista Gomes Canotilho defende uma revisão constitucional exclusivamente para permitir a realização do referendo sobre a Constituição europeia no dia das eleições autárquicas, uma tese que vai ao encontro da proposta do PS e contraria a estratégia do PSD.
28 de Março de 2005 às 00:00
Para o professor da Universidade de Coimbra, as alterações a introduzir na Constituição devem ser “o mínimo, para permitir o referendo” da Constituição europeia. “Isto, para mim, é obvio, porque, se em 2004, tivemos uma revisão ordinária e [PS e PSD] não se entenderam, como é que agora se vão entender?”, questiona Gomes Canotilho. “Em vez de resolverem os problemas do País, querem rever a Constituição”, remata. Para concluir: “é uma forma de adiar os problemas”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)