Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Rui Rio vence Conselho Nacional do PSD. Resultado é o mais baixo desde 2007

Candidato Fernando Negrão, da lista da direção, perdeu o Conselho de Jurisdição para Paulo Colaço.
Lusa 9 de Fevereiro de 2020 às 13:09
Rui Rio
Rui Rio FOTO: José Coelho / Lusa
A Comissão Política Nacional do presidente do PSD, Rui Rio, foi eleita este domingo com 62,4% dos votos, disseram à Lusa fontes sociais-democratas.

A lista de Rui Rio foi eleita com 541 votos favoráveis, 227 brancos e 99 nulos. Registaram-se 867 votantes.

Há dois anos, a direção de Rio foi eleita com 64,7% dos votos, naquela que foi então a votação mais baixa desde 2007, quando Luís Filipe Menezes obteve 61,8%.

A Comissão Política Nacional do presidente do PSD, Rui Rio, foi hoje eleita com 62,4% dos votos, disseram à Lusa fontes sociais-democratas.

A lista de Rui Rio foi eleita com 541 votos favoráveis, 227 brancos e 99 nulos. Registaram-se 867 votantes.

Há dois anos, a direção de Rio foi eleita com 64,7% dos votos, naquela que foi então a votação mais baixa desde 2007, quando Luís Filipe Menezes obteve 61,8%.

O PSD mudou os estatutos e adotou as eleições diretas em 2006, deixando de escolher o líder em congresso. Na reunião magna continuam a ser eleitos os órgãos nacionais como a Comissão Política Nacional.

A nova direção tem dois novos vice-presidentes, o deputado André Coelho Lima, que já era vogal da Comissão Política, e a deputada e ex-autarca de Rio Maior Isaura Morais.

Deixam o cargo de vice-presidentes Elina Fraga e o presidente da Comissão Política Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro.

Mantêm-se como vice-presidentes David Justino, Isabel Meireles, Nuno Morais Sarmento e Salvador Malheiro e José Silvano continua como secretário-geral.

Em lista única, a Mesa do Congresso, que volta a ser presidida por Paulo Mota Pinto, foi eleita com 62,4% dos votos, já que recolheu 539 votos favoráveis, 229 brancos e 98 nulos.


Comissão Política de Rio com pior percentagem desde Menezes, em 2007 

Apenas Luís Filipe Menezes, em 2007, com 61,8%, teve uma votação mais baixa do que Rui Rio em ambas as eleições da sua Comissão Política Nacional.

O PSD mudou os estatutos e adotou as eleições diretas em 2006, deixando de escolher o líder em congresso. Na reunião magna continuam a ser eleitos os órgãos nacionais como a Comissão Política Nacional.

No primeiro congresso com as novas regras, em 2006, a direção de Luís Marques Mendes foi eleita com 74% dos votos.

No congresso seguinte, em 2007, quando Marques Mendes perdeu para Luís Filipe Menezes, a lista do ex-autarca de Gaia conseguiu 61,8% dos votos dos delegados.

Em 2008, Manuela Ferreira Leite, que venceu nas diretas Pedro Passos Coelho, Pedro Santana Lopes e Patinha Antão, conseguiu fazer eleger a sua Comissão Política com 65,8%.

Dois anos depois, em 2010, Pedro Passos Coelho disputou a liderança com Paulo Rangel, José Pedro Aguiar Branco e Castanheira Barros e a sua Comissão Política foi eleita em congresso com 87,2% dos votos.

Em 2012, 2014 e 2016, anos em que Passos Coelho não teve adversários nas diretas, as suas comissões políticas foram eleitas com 88%, 85% e 79,8% dos votos, respetivamente.

Rui Rio Conselho Nacional Rio Rio Comissão Política Nacional Lusa política eleições PSD
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)