Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

Temos de reduzir as ilhas de tristeza

Foi com um misto de satisfação e mágoa que Jorge Sampaio foi ontem recebido no Bairro da Bela Vista, em Setúbal. Alguns dos moradores do degradado bairro social garantem que a limpeza das ruas foi “feita na véspera” pela Autarquia para “o Presidente não ver o lixo em que vivemos”.
3 de Abril de 2005 às 00:00
Jorge Sampaio durante a visita que efectuou ontem ao bairro degradado da Bela vista em Setúbal
Jorge Sampaio durante a visita que efectuou ontem ao bairro degradado da Bela vista em Setúbal FOTO: João Relvas
Apesar do asseio fora do comum, foram muitas as realidades com as quais Sampaio pode contactar e outras que lhe terão passado despercebidas. Nas instalações da Liga de Amigos de Setúbal e Azeitão e do Centro de Animação Infantil e Comunitária, os sinais de degradação são evidentes. Os buracos das balas nos vidros alertam para um dos problemas mais graves do bairro: a falta de segurança. A marginalidade, a conflitualidade étnica e os confrontos com a polícia, aspectos mediáticos que na opinião do Presidente “estigmatizam bairros como o da Bela Vista e Cova da Moura”, foram salientados. “É negativo esquecer que existem realidades como as que vimos aqui hoje . Temos que saber reduzir estas ilhas de tristeza, falta de auto-estima e confiança. Quando acontece algo mau aqui ou na Cova da Moura despertamos, mas não temos a iniciativa de lidar com a realidade”, acusou, acrescentando que “a democracia não pode nem deve conviver com isto”.
O Presidente lançou duras críticas a todos os sectores da sociedade. “Não viemos aqui visitar a tragédia e a tristeza. Viemos dizer que estamos determinados a acabar com este sofrimento. No País perde-se muito tempo com a multiplicação de competências, rivalidades na administração pública e ONG. É urgente ajudar a população a ajudar-se a si própria. Queremos políticas que trabalhem com as pessoas e não para as pessoas”.
ATRIBUÍDAS 21 MEDALHAS
Após a visita de Jorge Sampaio, o edil Carlos de Sousa entregou 21 Medalhas de Honra da Cidade aos 21 deputados eleitos por Setúbal à Assembleia Constituinte após o 25 de Abril de 1974. Os homenageados foram: Afonso do Carmo (a título póstumo), Alberto Antunes, António Rodrigues, Artur dos Santos, Artur Pina, Fernando Mendes, Gilianes Coelho, Mata Cáceres, Maria Vitorino e Maria dos Santos (todos do PS); Américo Leal, António dos Santos, António da Silva, Dália Ferreira, Fernando Pais, Hermenegilda Pereira, José Maia e Leonel Ramires (todos do PCP); Álvaro Monteiro (MDP); José Cobra (Independente) e Eduardo Albarran (PPD).
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)