Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

139 operacionais combatem incêndio em Rio Maior

Ventos fortes dificultam trabalho de bombeiros.
7 de Agosto de 2015 às 21:24
O alerta foi dado às 17h52
O alerta foi dado às 17h52 FOTO: Nuno André Ferreira

Um incêndio que deflagrou esta sexta-feira numa zona de pinhal e eucaliptal no concelho de Rio Maior continuava às 20:20 a lavrar com duas frentes ativas, de acordo com a Proteção Civil de Santarém.

Em declarações à agência Lusa, fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém disse que o fogo "mantém duas frentes ativas e não ameaça populações", estando a ser combatido por 139 operacionais, apoiados por 37 viaturas.

"O vento forte e as projeções das chamas são as principais dificuldades sentidas no local, no âmbito dos trabalhos de combate ao incêndio", segundo a mesma fonte.

O alerta foi dado às 17h52, estando o incêndio a lavrar em zona de pinhal e eucaliptal em Alcobertas e Sourões, localidades do concelho de Rio Maior, no distrito de Santarém.

"A Proteção Civil destaca na sua página os incêndios florestais com mais de duas horas ou mais de 10 veículos operacionais ou ainda que envolvam três ou mais meios aéreos pesados".

Rio Maior Proteção Civil incêndios bombeiros
Ver comentários