Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Quinze crianças retiradas a famílias

GNR prende 27 agressores por violência doméstica.
Magali Pinto 28 de Outubro de 2015 às 12:54
GNR de Lisboa retirou crianças a famílias violentas
GNR de Lisboa retirou crianças a famílias violentas FOTO: Marta Vitorino
A GNR retirou à família, desde o início do ano, quinze crianças vítimas de maus-tratos na Grande Lisboa. Vinte e sete agressores foram colocados em prisão preventiva por violência doméstica.

Na segunda-feira, mais um pai foi preso por maus-tratos à própria filha. O caso ocorreu em Alenquer. O homem, de 57 anos, foi detido através de mandado judicial pelos crimes de homicídio na forma tentada, ofensas à integridade física e ameaças. A investigação começou no início deste mês. A jovem era maltratada todos os dias pelo pai e era alvo de constantes ameaças de morte. Segundo a GNR, "vivia em permanente sobressalto".

Na casa, foram apreendidas onze armas – nove caçadeiras, um revólver e uma pistola. O homem tinha também milhares de munições.

Presente a tribunal, o agressor ficou em prisão preventiva, apesar de não ter antecedentes criminais.

A GNR recorda que nos últimos anos 122 crianças ficaram órfãs depois de as mães serem assassinadas pelos maridos ou familiares próximos. Este ano, já foram mortas 25 mulheres em ambiente familiar.
GNR crianças maus-tratos Grande Lisboa prisão preventiva violência doméstica
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)