Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Agressor na cadeia por perseguir mulher

Homem voltou a ameaçar de morte a vítima. Foi de novo detido pela GNR.
Rui Pando Gomes 11 de Junho de 2018 às 01:30
Agressor na cadeia por perseguir mulher
Grades de Prisão
Prisão
Agressor na cadeia por perseguir mulher
Grades de Prisão
Prisão
Agressor na cadeia por perseguir mulher
Grades de Prisão
Prisão
Foi condenado por violência doméstica contra a mulher, no ano passado, mas a pena foi suspensa pelos juízes. Continuou a perseguir e a ameaçar de morte a vítima e recentemente foi novamente detido pela GNR, em Albufeira, pelo mesmo crime. Foi colocado em prisão preventiva.

O agressor, ao que o CM apurou, tem 45 anos e a vítima 43. O homem tinha sido detido pelo Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), em junho de 2017, por agressões e ameaças à companheira. Na altura foi colocado em prisão domiciliária a aguardar julgamento.

Foi julgado e condenado a uma pena de prisão de dois anos, que ficou suspensa na sua execução porque os juízes entenderam dar-lhe uma oportunidade, caso não voltasse a aterrorizar a vítima.

No entanto, nas últimas semanas, voltou a perseguir e ameaçar de morte a vítima, que ficou em pânico e alertou a GNR. O agressor foi novamente detido e colocado em prisão preventiva, devido à reincidência do crime.

Tal como o CM noticiou recentemente, o Algarve é a região do continente com maior taxa de incidência de crimes de violência doméstica por cada mil habitantes, segundo dados do Relatório Anual de Segurança Interna 2017, que foi recentemente divulgado.

O número de casos registou um aumento de 6,3% no ano passado, em comparação com 2016. Foram contabilizados, no ano passado, um total de 1459 ocorrências, enquanto que em 2016 tinham sido contabilizadas 1372.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)