Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Assaltou 16 pessoas com ameaças

Um homem de 25 anos foi detido na quinta-feira pela PSP, por suspeita de ter realizado pelo menos 16 roubos na capital, para além de três furtos em armazéns situados em Loures. Ontem foi presente ao Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa, que lhe aplicou como medida de coacção a prisão preventiva.
18 de Março de 2007 às 00:00
Para consumar os roubos, o indivíduo abordava as potenciais vítimas em locais isolados, ameaçando-as com uma seringa ou arma branca. Segundo informação da PSP o homem interpelava as pessoas de forma muito agressiva, obrigando-as a entregar todos os valores que possuíam, normalmente telemóvel, dinheiro e relógios.
Fonte da PSP disse ao CM que nenhuma das vítimas resistiu às ameaças do meliante, pelo que nunca chegaram a ser agredidas, apenas alvo de coacção através das armas referidas. Adiantou que o assaltante não tinha alvos preferenciais, atacando indiscriminadamente mulheres e homens, jovens e idosos.
Através dos dados apresentados pelas vítimas, a PSP realizou a análise do perfil do suspeito, do seu ‘modus operandi’ e da sua área de actuação. Desta forma, a polícia conseguiu atribuir-lhe a autoria de 16 crimes de roubo, todos eles com recurso a ameaças, dos quais 14 foram perpetrados junto à estação de metro de Telheiras, em Lisboa. Os restantes dois foram praticados na zona de Loures.
Para além de ser suspeito destes roubos, o indivíduo é igualmente tido como o autor de três furtos praticados em armazéns na zona de Loures, onde terá entrado através do telhado, depois de escalar as paredes. Segundo a PSP furtou principalmente material informático, avaliado em mais de sete mil euros.
Ver comentários