Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Bombeiro detido por suspeitas de ter ateado sete incêndios em várias freguesias de Alfândega da Fé

Fogos consumiram cerca de 110 hectares de área de mancha florestal, constituída, maioritariamente, por mato.
18 de Setembro de 2019 às 08:32
Bombeiros
Algemas
Bombeiros
Algemas
Bombeiros
Algemas

Um bombeiro de 39 anos foi detido pela Polícia Judiciária por suspeitas de ter ateado sete focos de incêndio em área florestal em várias freguesias do concelho de Alfândega da Fé.

Os incêndios, ocorridos nos dias 22 e 28 de junho, 18 de julho, 3 de agosto e 2 de setembro de 2019, consumiram cerca de 110 hectares de área de mancha florestal, constituída, maioritariamente, por mato, segundo avança comunicado da Polícia Judiciária.

O fogo colocou em perigo uma vasta mancha florestal, constituída por mato, área agrícola, bem como habitações, de valor consideravelmente elevado. Estas casas só não foram consumidas devido à rápida intervenção dos bombeiros.

O detido vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Alfândega da Fé Polícia Judiciária acidentes e desastres incêndios crime lei e justiça polícia crime
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)