Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Conselho Superior da Magistratura recusa abrir novo inquérito a Neto Moura

CSM considerou que não tinha legitimidade para abrir um novo procedimento disciplinar ao juiz.
26 de Fevereiro de 2019 às 15:13
Juiz Neto de Moura tirou pulseira eletrónica a agressor que rebentou tímpano à mulher
Manifestação contra o juiz à porta da Relação do Porto, em outubro
Manifestação contra o juiz junto ao Tribunal da Relação do Porto
Caso de violência doméstica
Juiz Neto de Moura tirou pulseira eletrónica a agressor que rebentou tímpano à mulher
Manifestação contra o juiz à porta da Relação do Porto, em outubro
Manifestação contra o juiz junto ao Tribunal da Relação do Porto
Caso de violência doméstica
Juiz Neto de Moura tirou pulseira eletrónica a agressor que rebentou tímpano à mulher
Manifestação contra o juiz à porta da Relação do Porto, em outubro
Manifestação contra o juiz junto ao Tribunal da Relação do Porto
Caso de violência doméstica

O Conselho Superior da Magistratura (CSM) decidiu não abrir novo inquérito ao juiz Neto Moura. Esta segunda-feira foi divulgado pelo jornal Público um acórdão assinado por este mesmo juiz em que este decidia retirar a pulseira eletrónica a um agressor de violência doméstica que furou o tímpano da vítima com um soco. O desembargador escrevia que "a mais banal discussão ou desavença é logo considerada violência doméstica", desvalorizando a agressão em causa.

O CSM contou ao jornal Expresso que não irá abrir um novo inquérito ao juiz já que se trata de "matéria de âmbito jurisdicional - em que está em causa a decisão de um juiz - pelo que se aplicam os artigos e princípio acima descritos, não tendo o CSM competência, por força da Constituição e da Lei para interferir em decisões dos magistrados judiciais".

O desembargador já tinha sido castigado por causa de considerações feitas num outro acórdão sobre violência doméstica, antes de assinar este novo acórdão. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)