Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Dois dedos cortados durante agressões em Albufeira

Turistas ingleses e franceses entraram em confronto e provocaram batalha campal.
Rui Pando Gomes 10 de Setembro de 2017 às 09:03
GNR em Albufeira
GNR em Albufeira
GNR em Albufeira
GNR em Albufeira
GNR em Albufeira
GNR em Albufeira
GNR em Albufeira
GNR em Albufeira
GNR em Albufeira
A noite voltou este sábado a ficar marcada pela violência, em Albufeira, após confrontos físicos entre grupos de turistas ingleses e franceses. Quatro pessoas ficaram feridas, uma delas com muita gravidade após sofrer um corte profundo na cabeça e ficar sem dois dedos, na sequência de uma agressão com uma faca.

Os desacatos aconteceram entre Areias de São João e Montechoro, por volta das 05h30. Segundo o CM apurou junto de fonte da GNR, os dois grupos de turistas entraram em confronto e provocaram uma verdadeira batalha campal. Três homens e uma mulher sofreram ferimentos e tiveram de receber assistência. As vítimas foram socorridas pelo INEM e Cruz Vermelha, numa altura em que os Bombeiros de Albufeira tinha os meios de emergência médica todos envolvidos em outras ocorrências.

Um dos turistas, ao que o CM conseguiu apurar, ficou sem dois dedos e sofreu um corte profundo na cabeça. Perdeu muito sangue, que ficou espalhado pelo chão, e teve de ser estabilizado no local antes de ser transportado para o hospital de Faro, em estado muito grave. Devido à gravidade dos ferimentos, a vítima foi transferida para um hospital de Lisboa. Uma mulher sofreu ainda um corte profundo na cara.

Os bombeiros foram chamados pela GNR, ontem de manhã, para recolher um dos dedos cortados a uma das vítimas, que foi deixado no chão. A GNR está a investigar o que deu origem à batalha campal.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)