Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

CMTV mostra vídeo do tiroteio em Lisboa

Três dos cinco feridos ainda estão internados. Já foi aberto inquérito.
29 de Março de 2016 às 20:31
Vídeo mostra pânico e fuga após disparos
Vídeo mostra pânico e fuga após disparos
A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) anunciou esta quarta-feira a abertura de um inquérito para apurar "todos os factos" relacionados com o tiroteio ocorrido no bairro da Ameixoeira, em Lisboa, em que cinco pessoas foram baleadas.

Numa resposta enviada à Lusa, a inspetora-geral da Administração Interna, Margarida Blasco, indicou que foi "instaurado um processo de inquérito para apuramento cabal de todos os factos ocorridos no bairro da Ameixoeira".

Dois polícias baleados já tiveram alta
Dois dos três polícias feridos durante o tiroteio no Bairro da Ameixoeira já tiveram alta, esta quarta-feira de madrugada.

Um dos agentes da autoridade e duas mulheres continuam internados no Hospital Santa Maria, em Lisboa. Uma das mulheres foi ferida com gravidade. O CM apurou que o agente que ainda está  internado teve de ser submetido a uma operação cirúrgica na noite de terça-feira, por causa de um ferimento no pescoço.

Tiroteio bloqueia rua a moradores
Os moradores que estavam impedidos de ir para casa, na sequência dos confrontos na Ameixoeira, onde ficaram feridos três polícias e duas civis, regressaram às respetivas casas por volta da meia-noite , acompanhados de elementos policiais, numa altura em que os ânimos acalmaram.

Após o tiroteio que se registou ao final do dia de terça-feira, na Ameixoeira, alguns moradores foram impedidos de entrar nas suas casas, pelo que se concentraram na Rua António Vilar, onde se deu a troca de tiros.

A rua António Vilar, onde se registou a troca de tiros, esteve cortada ao trânsito nos dois sentidos.


Ameixoeira tiroteio agentes PSP crime lei e justiça polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)