Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Esfaqueia taxista para roubar 90 euros

Ladrão que esfaqueou homem durante assalto, em Darque, começa a ser julgado esta quarta-feira.
Fátima Vilaça 16 de Maio de 2018 às 08:38
Táxis
Táxis
Táxis
Táxis
Táxis
Táxis
Corre sem olhar para trás. Vou contar até dez, senão dou-te um tiro!". A ameaça foi feita por Bruno Rodrigues, de 35 anos, já de arma em punho, minutos após ter esfaqueado um taxista para lhe roubar 90 euros.

O assalto foi em janeiro do ano passado, em Darque, Viana do Castelo. O ladrão, que foi capturado pela Polícia Judiciária de Braga cinco meses depois do ataque violento, começa amanhã a ser julgado. Está acusado de homicídio qualificado na forma tentada e roubo agravado.

Para o Ministério Público, o arguido, que está preso em casa, com pulseira eletrónica, chamou o táxi, às 22h40 de 20 de janeiro do ano passado, com o intuito de assaltar o taxista e assim conseguir dinheiro para comprar droga. À chegada à rua Seca, em Viana do Castelo, após o viaduto ferroviário, ordenou ao taxista que encostasse o carro.

O condutor acedeu e, quando lhe disse o valor a pagar, o cliente retirou uma navalha do bolso e "desferiu-lhe um golpe no pescoço". Segundo a acusação, que o CM consultou, o taxista ainda reagiu, "tendo colocado os braços à frente do pescoço, impedindo assim de ser totalmente degolado".

O arguido, que vai agora começar a ser julgado, ainda usou uma arma para ameaçar o taxista, a quem tentou roubar o carro - que abandonou por não o conseguir conduzir.
Ainda segundo a acusação, ao usar armas, o arguido "conformou-se" com a possibilidade de "poder causar a morte do ofendido".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)