Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Fecha igreja e deixa os andores à porta

Os andores no chão e ao sol durante quase seis horas e a porta da igreja fechada. Em 50 anos que tenho nunca vi nada assim." Armindo Peixoto foi a voz de desencanto e revolta dos populares de S. João de Lobrigos, concelho de Santa Marta de Penaguião, perante a atitude do pároco da freguesia, António Luís Costa, de 55 anos, em não permitir, anteontem, que os 12 andores que iam na procissão da tarde, em honra de Santa Bárbara, ficassem no interior da igreja.
5 de Julho de 2011 às 00:30
Armindo Peixoto pediu explicações ao padre, mas o pároco não lhe quis justificar a decisão de ter deixado os andores no exterior da igreja
Armindo Peixoto pediu explicações ao padre, mas o pároco não lhe quis justificar a decisão de ter deixado os andores no exterior da igreja FOTO: d.r.

"Após a missa do meio-dia de ontem [anteontem] e quando nós pensávamos que os andores iam para a igreja, o sacristão disse-nos que tinha recebido ordens do senhor padre para que os mesmos ficassem cá fora. Ora isto não se faz e o povo não gostou. Houve imagens e estruturas em madeira que foram danificadas pelo sol, as flores murcharam e até havia andores com alguns objectos de ouro que tiveram de ser guardadas cá fora por uma pessoa durante várias horas", contou Benjamim Mesquita, membro da Comissão de Festas.

Segundo Armindo Peixoto, ele próprio confrontou, dentro da igreja, o padre António Luís sobre a decisão tomada, mas o pároco não lhe explicou o porquê da decisão: "Se os andores cabiam todos dentro da igreja não sei porque não os deixou entrar. A sorte foi o sol não ser muito intenso, se não as consequências eram ainda piores."

Ao sentir o descontentamento dos populares, o padre António Luís Costa chegou mesmo a abandonar a igreja, dando a sensação que já não se iria realizar a procissão. A situação levou a que alguns habitantes tivessem solicitado a presença do presidente da Câmara Municipal de Santa Marta de Penaguião, Francisco Ribeiro, que, numa artéria junto à igreja, terá demovido o pároco das suas intenções de abandono, tendo a procissão saído por volta das 18h00 para a rua.

O CM contactou o padre visado pelas críticas, mas o mesmo não quis prestar declarações.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)