Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

GNR explica que salvou os animais "que foi possível salvar" do incêndio em canil de Santo Tirso

Dezenas de cães e gatos morreram carbonizados.
Correio da Manhã 19 de Julho de 2020 às 15:00
A carregar o vídeo ...
Dezenas de cães morreram durante um violento incêndio que deflagrou num canil em Santo Tirso.
A GNR explicou este domingo em comunicado que salvou os animais "que foi possível salvar" do incêndio no canil 'Cantinho 4 Patas', em Santo Tirso.

Dezenas de animais morreram carbonizados este sábado à noite devido ao fogo.

"
A ação da GNR foi essencial para permitir que tivessem sido resgatados, com vida, a maior parte dos cães. Lamentavelmente, a dimensão do fogo e a grande concentração de animais naquele local, impediram que tivesse sido possível resgatar todos os animais com vida, tendo sido recuperados alguns já sem vida", informa o comunicado.

A Guarda Nacional Republicana esclarece que os bombeiros combateram o incêndio, conseguindo evitar que o espaço ardesse todo, de forma a existirem condições para 
que os restantes animais permanecessem no local até que se resolvesse a situação, sendo retirados apenas os animais feridos, por indicação do veterinário municipal.

O comunicado explica ainda que os militares da Guarda não permitiram populares entrarem no local "pelo facto de, àquela hora, já não existir urgência, uma vez que a situação estava já a ser tratada pelas entidades competentes e por se tratar de propriedade privada".

"A essa hora, já tinham sido salvos os animais que foi possível salvar", sublinha a GNR.

Neste momento está a ser efetuada uma inspeção ao local pelo veterinário municipal.
GNR Santo Tirso acidentes e desastres incêndios
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)