HÁ 10 MIL GÉNIOS POBRES

O Instituto da Inteligência admite a existência em Portugal entre 30 a 50 mil crianças sobredotadas e talentosas, 10 mil das quais serão crianças pobres sem possibilidades de aceder a apoio especializado, nomeadamente: testes de avaliação, acompanhamento psicopedagógico, orientação vocacional e frequência de actividades de expansão do seu desenvolvimento.
26.04.03
  • partilhe
  • 0
  • +
Em documento enviado ao CM, aquele instituto sublinha que as crianças sobredotadas “são uma mais-valia da nossa sociedade, na medida em que as suas aptidões e talentos, sobretudo nas ciências, nas artes e no desporto, auguram sucesso académico e profissional”, desde que “devidamente orientadas por especialistas em consultadoria de sobredotação”.
O Instituto alerta para o facto de as crianças não serem “génios acabados, carregados de faculdades, que as tornam aptas a atingir a fama e o êxito onde quer que se encontrem”.
“Cerca de 70 por cento dessas crianças tendem a fracassar”, salienta o documento.
Para ajudar os mais desfavorecidos, o Instituto acaba de criar um fundo de apoio a crianças sobredotadas pobres o qual, através de donativos, permita que as crianças de classes mais baixas possam aceder aos diversos serviços. O Instituto pode ser contactado através do tel: 222038892.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!