Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

"Há 19 anos que não existia um fogo assim"

O presidente da Câmara de Castanheira de Pêra, Fernando Lopes, disse esta quinta-feira à Lusa que "há 19 anos que não existia um fogo assim" no concelho.
6 de Outubro de 2011 às 10:11
Bombeiros combateram chamas durante a noite
Bombeiros combateram chamas durante a noite FOTO: Lusa

O incêndio, que lavra desde as 13h30 de quarta-feira em Castanheira de Pêra, destruiu uma viatura dos bombeiros e ameaçou as aldeias de Botelhas, Palheira e Torgal.

Neste momento há focos de incêndio no Coentral e duas frentes activas, estando o combate a ser dificultado sobretudo "pelo vento e pelo difícil acesso a uma zona de declive acentuado", descreve o autarca, sublinhando que "para já encontra-se distante das casas".

O combate às chamas mobiliza, segundo a página da Internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil 304 bombeiros, 28 elementos do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro da GNR, quatro do Grupo de Análise e Uso de Fogo, cinco membros da Força Especial de Bombeiros, cinco sapadores florestais, num total de 348 operacionais, apoiados por 75 viaturas.

Para o concelho foram esta manhã accionados três helicópteros.

O incêndio, que chegou a ter três frentes activas, alastrou para Pedrógão Grande, mas já se encontra dominado naquele concelho vizinho, informaram à Lusa o presidente do município, João Marques, e o comandante dos bombeiros locais, Augusto Arnaut.

Incêndio Castanheira de Pêra Bombeiros Fogo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)