Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Proteção Civil confirma que SIRESP falhou em incêndio em Alijó

Aldeia de Santa Eugénia está cercada pelo fogo.
16 de Julho de 2017 às 15:50
Presidente da Câmara de Pedrógão quer declarar calamidade pública
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Estação móvel do SIRESP que foi mobilizada para Alijó
Fogo no Alijó
Fogo no Alijó
Fogo no Alijó
Um dos helicópteros que esteve em ação no fogo de Alijó
Helicóptero caiu na barragem de Vila Chã
Helicóptero
Helicóptero caiu na barragem de Vila Chã
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Incêndio em Alijó
Presidente da Câmara de Pedrógão quer declarar calamidade pública
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Estação móvel do SIRESP que foi mobilizada para Alijó
Fogo no Alijó
Fogo no Alijó
Fogo no Alijó
Um dos helicópteros que esteve em ação no fogo de Alijó
Helicóptero caiu na barragem de Vila Chã
Helicóptero
Helicóptero caiu na barragem de Vila Chã
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Incêndio em Alijó
Presidente da Câmara de Pedrógão quer declarar calamidade pública
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Estação móvel do SIRESP que foi mobilizada para Alijó
Fogo no Alijó
Fogo no Alijó
Fogo no Alijó
Um dos helicópteros que esteve em ação no fogo de Alijó
Helicóptero caiu na barragem de Vila Chã
Helicóptero
Helicóptero caiu na barragem de Vila Chã
Incêndio em Alijó
Incêndio em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Helicóptero caiu em Alijó
Incêndio em Alijó
O SIRESP voltou a falhar este domingo durante o combate ao incêndio na localidade de Vila Chã, no concelho de Alijó, distrito de Vila Real. A Proteção Civil já confirmou falhas no sistema de comunicação de emergência, após uma denúncia feita pelo presidente da Câmara local. 

Uma estação móvel já foi mobilizada para o local. 

Este fogo obrigou à retirada de crianças e alguns idosos da aldeia de Chã, Casas da Serra, Pegarinhos e Carlão. As crianças foram transportadas para o pavilhão Municipal de Alijó mas foram, no entretanto, regressando a casa.

Neste momento, apenas a aldeia de Santa Eugénia está cercada pelo fogo, obrigando ao reforço dos meios de combate às chamas. 

Helicóptero cai durante combate às chamas
Esta tarde, um helicóptero acionado para o combate ao incêndio sofreu um acidente, mas o piloto "está bem", informou fonte da Proteção Civil.

Ao início da tarde, o fogo tinha sido dado como dominado, mas sofreu, entretanto, uma reativação.

O alerta para as chamas foi dado às 01h55 de hoje e o fogo chegou a avançar em três frentes.

Fogo obriga a cortar duas estradas nacionais e um itinerário complementar
Os fogos que deflagraram nos concelhos de Alijó e Mangualde obrigaram ao corte de duas estradas nacionais e um itinerário complementar, disse à agência Lusa o Comando Geral da Guarda Nacional Republicana (GNR).

Devido ao incêndio de Alijó, que ao início da noite mobilizava 323 bombeiros e 97 viaturas, foram cortadas a nacional 212, entre os quilómetros 35 e 42, e o Itinerário Complementar 5, que liga o distrito de Vila Real a Bragança, entre os quilómetros 34 e 46.

Na zona de Mangualde, a estrada nacional 232 está cortada entre as localidades de Mourilhe e Contenças de Baixo.

Segundo a página na internet da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), os três incêndios que deflagraram hoje à tarde no concelho de Mangualde, mobilizavam, às 23h00, 393 operacionais apoiados por 116 viaturas.
Vila Chã incêndio fogo alijó
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)