Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Homem detido por violência doméstica apertava pescoço à mulher em Faro

Casal separou-se em abril e a vítima era injuriada e ameaçada de morte pelo agressor.
Ana Palma e Rui Pando Gomes 28 de Abril de 2019 às 09:39
A carregar o vídeo ...
O casal residente em Faro estava separado,
Apertou o pescoço à mulher, que injuriava repetidamente e ameaçava de morte.

O homem, de 37 anos, foi detido pela GNR por ordem do Ministério Público do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Faro pela prática de crimes de violência doméstica.

Segundo o DIAP de Faro, "o arguido e a vítima viveram juntos na zona de Faro durante cerca de um ano e têm um filho em comum".

O outro filho da vítima, de 9 anos, apurou o CM, terá também presenciado algumas das agressões que a mãe sofreu às mãos do companheiro. "Depois da separação, já no corrente mês de abril, suspeita--se que o arguido voltou a injuriar e a ameaçar de morte a vítima, pessoalmente e através de mensagens de telemóvel", esclareceu ainda o DIAP.

Submetido a primeiro interrogatório judicial, o arguido foi colocado em prisão preventiva, "até verificação das condições para a execução de fiscalização e controlo de medidas de proibição total de contactos e de frequência de certos lugares, também aplicados em sede de medidas de coação".

Nas últimas semanas a GNR deteve mais três agressores. Um homem de 43 anos por agredir e violar a mulher e um jovem de 21 anos por agredir e extorquir a mãe.

Dias antes um homem de 49 foi detido por violência doméstica e posse de arma proibida. As três detenções foram concretizadas pelo Núcleo de Investigação e de Apoio a Vitimas Específicas da GNR de Portimão. 
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)