Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Homem na cadeia por 35 anos de terror

Agressor leva pena efetiva. Vítima teve de fugir de casa, em Baião.
Ana Silva Monteiro 3 de Maio de 2019 às 08:34
Violência
Violência doméstica causou 15 vítimas mortais desde o início de 2019, 12 das quais apenas nos primeiros dois meses
Mulher vítima de violência doméstica
Violência doméstica
Violência
Violência doméstica causou 15 vítimas mortais desde o início de 2019, 12 das quais apenas nos primeiros dois meses
Mulher vítima de violência doméstica
Violência doméstica
Violência
Violência doméstica causou 15 vítimas mortais desde o início de 2019, 12 das quais apenas nos primeiros dois meses
Mulher vítima de violência doméstica
Violência doméstica
O Tribunal de Baião condenou esta quinta-feira a uma pena efetiva de quatro anos e cinco meses de prisão o homem, de 60 anos, que agrediu a mulher durante os 35 anos de casamento. Terá ainda de pagar cinco mil euros à vítima.

Os maus-tratos à companheira começaram no início do casamento.

A mulher era agredida fisicamente e psicologicamente e proibida de contactar com a família. A vítima fugiu a 6 de junho de 2018 da própria casa, após mais um ataque.

O arguido poderá vir a recorrer da decisão. "Penso que foi uma pena pesada. Mas, primeiro, vamos ler a sentença com cuidado para decidir", disse José Martins, advogado de defesa,

O agressor já está preso após ter tentado matar o cunhado e o filho, que não lhe diziam onde a vítima se encontrava.
Tribunal de Baião José Martins questões sociais questões sociais punição / sentença julgamentos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)