Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Homem que atacou companheiro da 'ex': "Atirei o ácido por defesa"

Diplomata de 40 anos garantiu que andava a ser ameaçado. Caso ocorreu em Sintra.
M.C. 13 de Novembro de 2019 às 09:42
Caso ocorreu em Algueirão
Caso ocorreu em Algueirão FOTO: Filipe Brito/CMTV
O diplomata de 40 anos, dos quadros da embaixada da Guiné-Bissau em Portugal, identificado pela PSP por ter atirado ácido sulfúrico à cara do novo namorado da ex-mulher em Algueirão, Sintra, disse ao CM ter agido em legítima defesa e que andava a ser ameaçado.

O agressor, que prefere o anonimato, diz que no domingo (quando ocorreu a agressão), regressou a casa com o filho de um passeio. "Por me sentir ameaçado, passei por uma drogaria e comprei um frasco de ácido sulfúrico", explicou.

O diplomata diz que ao entrar em casa viu a ex-mulher e o namorado, de 38 anos, e que este avançou logo para ele para o agredir.

"Atirei o ácido por defesa. Depois disso, fui com o meu filho à esquadra da PSP admitir o que fiz", recordou o diplomata, que disse desconhecer que a vítima do ataque esteja em coma induzido e que corre o risco de ficar cego.

Ao CM, admitiu ainda estar consciente de que possui imunidade diplomática, mas não explicou se a invocou ou irá invocar no desenrolar do processo.
Portugal Guiné-Bissau Sintra PSP Algueirão crime lei e justiça crime lei e justiça crime
Ver comentários