Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Jovens assaltam caixa de minimercado

Com a ameaça de uma navalha de ponta-e-mola, dois encapuzados assaltaram um minimercado em Delães, no concelho de Vila Nova de Famalicão. Levaram todo o dinheiro que havia em caixa e fugiram, ao encontro de uma viatura onde eram esperados por outros elementos do grupo.
29 de Dezembro de 2006 às 00:00
Delfina Rompante foi obrigada a dar todo o dinheiro que ainda tinha na caixa registadora
Delfina Rompante foi obrigada a dar todo o dinheiro que ainda tinha na caixa registadora FOTO: Sérgio Freitas
As autoridades suspeitam de um grupo que tem perpetrado uma série de pequenos assaltos na região e que na semana passada esteve na origem de uma perigosa perseguição policial que acabou com parte dos suspeitos a fugirem a pé, pelo monte, após despiste do carro onde viajavam.
Entre 300 a 400 euros foi o montante retirado da caixa registadora da Frutaria Minimercado Girassol, em Delães, na noite de quarta-feira. “Entraram de repente com a cara tapada, luvas e com a faca apontada... e dei imediatamente o dinheiro todo que havia na caixa”, explicou a proprietária do estabelecimento, Delfina Rompante, que gritou por ajuda logo que os assaltantes saíram, em correria, por um caminho rural na direcção do cemitério, de onde arrancou, acto imediato, um Fiat Uno. O marido, Vítor, ainda foi no encalço dos assaltantes, mas “eles eram jovens e corriam muito”.
O casal Rompante ainda não contabilizou ao certo o montante que se encontrava na caixa, mas as estimativas apontam para “um prejuízo elevado, porque, por azar, foi um dia em que houve muitos pagamentos de contas em atraso”, como explicou ao CM Vítor Rompante.
DESPISTE NÃO EVITOU FUGA
A Polícia Judiciária e a GNR estão no encalço de um grupo de jovens que na semana passada, usando dois carros Fiat Uno, assaltou um jovem que, por volta das 23h00, seguia junto à estrada em Brufe, no concelho de Famalicão. A vítima foi ameaçada por arma branca e ficou sem o telemóvel, mas identificou uma matrícula. A GNR avistou os suspeitos em Esposende, onde se iniciou uma perseguição policial, até que os dois carros dos assaltantes seguiram direcções diferentes. A GNR optou por uma viatura que entrou em caminhos municipais entre os concelhos de Barcelos e Póvoa de Varzim. Após despiste, os suspeitos fugiram a pé, pelo monte, e escaparam. A viatura apreendida foi entregue à PJ de Braga para exames periciais.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)