Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Jovens filmam atropelamento junto a discoteca no Porto

PSP ainda tenta encontrar a vítima. Única queixa é de agressão.
Patrícia Lima Leitão 12 de Novembro de 2018 às 08:47
Vídeo amador regista o momento em que um homem, de t-shirt branca e neste frame já em cima do capot,  é atropelado por um carro que inverteu o sentido da marcha antes do embate
Grupos tinham acabado de sair do Via Rápida quando se envolveram em agressões
Vídeo amador regista o momento em que um homem, de t-shirt branca e neste frame já em cima do capot,  é atropelado por um carro que inverteu o sentido da marcha antes do embate
Grupos tinham acabado de sair do Via Rápida quando se envolveram em agressões
Vídeo amador regista o momento em que um homem, de t-shirt branca e neste frame já em cima do capot,  é atropelado por um carro que inverteu o sentido da marcha antes do embate
Grupos tinham acabado de sair do Via Rápida quando se envolveram em agressões
Um vídeo que circula nas redes sociais da internet comprova o atropelamento, aparentemente propositado, de um jovem que tinha acabado de sair de uma festa na discoteca Via Rápida, no Porto.

As imagens, que contam já com dezenas de milhares de visualizações, mostram o preciso momento em que a vítima é abalroada, num caso que o CM noticiou na edição de ontem. Tudo começou pelas 07h00 de sábado, quando dois grupos entraram em agressões na via pública. Na sequência da rixa, o vidro de um carro terá ficado partido. O dono, que se desconhece, para já, se esteve ou não envolvido nas agressões, resolveu vingar-se. No vídeo, é possível ver o carro a percorrer, a grande velocidade, a rua Manuel Pinto de Azevedo, mas, a certa altura, inverte o sentido da marcha. É a vítima que, em primeiro lugar, corre na direção do automóvel, mas este acelera e abalroa completamente o jovem. Várias pessoas assistiam.

Quando a PSP e bombeiros chegaram, a vítima e o condutor já tinham abandonado o local. O jovem terá sido retirado por amigos e o condutor pôs-se em fuga. Ao longo do dia de sábado e ontem também, as autoridades tentaram chegar ao paradeiro do atropelado, através de uma possível entrada nos hospitais das redondezas. Sem sucesso, até ao fecho desta edição.

A PSP já está na posse da matrícula do veículo. No entanto, a grande prioridade passa por saber informações do paradeiro e estado da vítima. A única queixa que existe é de outro homem, vítima de agressão.
discoteca Via Rápida Porto PSP questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)