Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Ladrões atacam zona industrial

O plano dos ladrões estava pensado ao pormenor: na madrugada de ontem, cortaram as redes de protecção que dividiam três empresas até conseguirem entrar na serralharia Aurélio Alves Soares, na Zona Industrial de Oiã, em Oliveira do Bairro. Depois, conseguiram arrombar um dos portões da fábrica, mas foram traídos pelo alarme. A dupla acabou por fugir com a chegada do guarda-nocturno – que conseguiu travar a vaga de assaltos que tem assolado aquela região nos últimos meses.

6 de Outubro de 2012 às 01:00
Ladrões conseguiram entrar na empresa mas foram denunciados pelo alarme e fugiram
Ladrões conseguiram entrar na empresa mas foram denunciados pelo alarme e fugiram FOTO: Luis Vieira

"Esta é a segunda vez que somos assaltados este ano. Os ladrões vêm cá porque sabem que temos cobre e ferro, essencialmente. As fábricas vizinhas, que trabalham com os mesmos metais, também são constantemente roubadas", contou ao CM Rui Ferreira, proprietário da serralharia. "Mas pelo menos desta vez não conseguiram levar nada", diz.

Quando o guarda-nocturno chegou à empresa ainda tentou apanhar os ladrões. Porém, aqueles conseguiram fugir pela abertura feita na rede. Com pouca iluminação, a perseguição tornou-se inútil. Chamada ao local, a GNR também procurou a dupla, mas nada mais pôde fazer.

Tal como Rui, os restantes empresários vivem em constante sobressalto. Uma das proprietárias de uma empresa vizinha, que não se quis identificar, admite temer o pior. "Nos últimos meses já houve mais de seis assaltos aqui. Nem sabemos se os ladrões estão armados e os vigilantes correm mesmo risco de vida".

OIÃ ROUBOS ASSALTO FURTO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)