Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Ladrões libertados duas vezes voltam logo aos roubos

Dupla, de 20 e 22 anos, foi detida duas vezes em 10 horas e libertada pelos procuradores.
Sérgio A. Vitorino 29 de Março de 2018 às 01:30
Um dos ladrões detido em Almeirim após roubos sucessivos
Um dos ladrões detidos em Almeirim ao fim de vários assaltos
Suspeitos detidos
Um dos ladrões detido em Almeirim após roubos sucessivos
Um dos ladrões detidos em Almeirim ao fim de vários assaltos
Suspeitos detidos
Um dos ladrões detido em Almeirim após roubos sucessivos
Um dos ladrões detidos em Almeirim ao fim de vários assaltos
Suspeitos detidos
Furtaram quatro máquinas de tabaco, um stand, um carro e, por esses crimes, foram detidos duas vezes em 10 horas pela GNR na Margem Sul, na Quinta do Conde e Azeitão, e libertados por dois procuradores do Ministério Público sem irem a tribunal.

Apesar do desfilar de crimes, só foram notificados (à segunda) para se apresentarem ao juiz esta quarta-feira de manhã. Não o fizeram, porque já haviam furtado nova carrinha e fugido para Almeirim, onde à tarde foram travados - após fuga em que abalroaram um carro da GNR -, e, à terceira, ficaram finalmente detidos numa cela. Vão esta quinta-feira a tribunal.

Os ladrões, de 20 e 22 anos, do Entroncamento, franzinos nos blusões de padrão camuflado, passariam por pequenos delinquentes não fosse a longa ficha policial - são suspeitos de mais de 20 furtos recentes -, que para um deles até inclui abuso de menores. Um anda de muletas e tem parafusos na perna. Começaram por fugir em Almeirim, na segunda-feira, após o ataque ao tabaco, aproveitando a avaria de um carro da GNR - a mesma viatura que ontem os apanhou junto ao tribunal local.

Furtam vários veículos para os crimes
A dupla estava sempre a furtar carros. Um Audi A3 levado do Tramagal, no dia 22, foi usado no roubo de tabaco em Almeirim e nele foram apanhados, às 12h30 de terça-feira, a dormir pela GNR da Quinta do Conde.

Libertados pelo MP de Sesimbra, às 22h30 foram de novo detidos em flagrante num stand em Azeitão, já com sete chaves na mão. Pouco depois, o MP de Setúbal libertou-os. Aproveitaram para furtar um Opel e fugir para Almeirim.
Ver comentários