Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Mais de um milhão de euros para a Cidade do Cinema

Espécie de Hollywood europeia previa 3 mil milhões de euros de investimento, mas nada foi feito.
Ana Palma 12 de Novembro de 2018 às 08:48
Luís Carito era presidente da comissão executiva da empresa municipal Portimão Urbis
Luís Carito era presidente da comissão executiva da empresa municipal Portimão Urbis FOTO: Miguel Veterano
Dos mais de 4 milhões e 600 mil euros de que o ex-vice presidente da câmara e presidente da comissão executiva da Portimão Urbis, Luís Carito, e os restantes nove arguidos (entre os quais seis sociedades) são acusados de ter lesado o Estado e o erário público, cerca de 1 milhão e 850 mil dizem respeito, exclusivamente, ao denominado ‘cluster’ e Cidade do Cinema.

Neste âmbito, conforme refere o despacho de pronúncia do Tribunal de Instrução Central Criminal, a que o CM teve acesso, 12 de 15 contratos ligados a esta área foram outorgados, até 2012, por Luís Carito e outro elemento da Portimão Urbis (o ex-vereador Jorge Inácio, que não foi constituído arguido).

Mais três contratos foram outorgados por outros responsáveis da Portimão Urbis, mas "em cumprimento das ordens de Luís Carito", que era conhecido como o ‘Homem do Dinheiro’. E, "apesar da conclusão dos contratos em termos financeiros, não há evidência da sua execução material nem confirmação da realização das despesas que justifiquem a faturação apresentada e os inerentes pagamentos", refere o despacho de pronúncia, adiantando haver "ausência de documentos comprovativos da quitação das verbas pagas".

Além disso, os contratos foram feitos "por ajuste direto", contrariando as regras. São também arguidos Artur Curado ( gestor, responsável por quatro das empresas também arguidas), Carlos Barros, arquiteto, e Luís Marreiros, consultor. Respondem por participação económica em negócio, burla e branqueamento.
Cidade do Cinema Estado presidente Portimão Luís Carito Jorge Inácio
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)