Costa diz que o Governo está a trabalhar para alargar serviços mínimos a todo o País

Falta de combustíveis está a deixar o território nacional num caos. Marcelo pede acordo entre sindicatos e Governo.
17.04.19
  • partilhe
  • 5
  • +
Marcelo Rebelo de Sousa foi na tarde desta quarta-feira questionado pelos jornalistas relativamente à greve dos motoristas do transporte de matérias pesadas.

O Presidente da República disse que há "duas prioridades simultâneas" a ter em conta. O dirigente referiu que a "primeira é garantir que os serviços mínimos funcionem" e depois é importante que estes sejam de amplos de forma a cobrir "necessidades coletivas que verdadeiramente justificam esses serviços mínimos", como é o caso dos transportes coletivos e da distribuição de medicamentos. 

Ainda em declarações, Marcelo Rebelo de Sousa disse fazer "sentido pensar na ampliação dos serviços mínimos em todo o país". Mas para o presidente, os serviços mínimos não resolvem totalmente o problema das pessoas. "É preciso que as duas partes falem e que o governo ajude nessa fala. Esta é uma questão de conflito entre privados num setor em que está em causa o interesse coletivo e estratégico", disse.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!