Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Mata dono de café à pedrada

Abel Rocha, 45 anos, estava já alcoolizado quando entrou na Tasca de Selim, em Couto, Arcos de Valdevez, pelas 17h30 de anteontem. Pediu uma cerveja, que lhe foi recusada. O cliente não gostou e agrediu o proprietário do café à pedrada. José Galvão, 80 anos, acabou por morrer dentro do estabelecimento. Presente a tribunal, o agressor foi libertado. A família e populares estão revoltados.
10 de Agosto de 2011 às 00:30
Fernando Martins, genro de José Galvão, em frente à tasca onde a vítima morreu
Fernando Martins, genro de José Galvão, em frente à tasca onde a vítima morreu FOTO: Fátima Vilaça

"É impossível que o tribunal ponha cá fora o homem que matou o meu sogro. Isto é um convite a que façamos justiça pelas próprias mãos", disse ontem ao CM, revoltado, Fernando Martins, genro de José Galvão.

O idoso de 80 anos, dono da Tasca de Selim, em Couto, Arcos de Valdevez, acabou por morrer após uma violenta discussão com o cliente que o apedrejou. José Galvão perdeu a vida no interior do estabelecimento, depois de ter caído por duas vezes.

"Ele começou a incomodar os clientes para lhe pagarem uma bebida, mas eu disse que não lha servia, porque ele estava completamente bêbedo", contou ao nosso jornal Teresa Martins, filha do idoso. O pai, que estava em casa, no andar superior do café, ouviu o barulho e veio em socorro da filha, de 52 anos.

"O meu pai mandou-o sair, que já tinha bebido o suficiente. Foi quando ele começou a atirar cadeiras lá para fora e o meu pai foi atrás dele". Já no exterior do café, José Galvão foi atingido por pedras arremessadas por Abel Rocha. O idoso caiu e quando se levantava foi novamente agredido com pedras. O homem entrou no café e caiu, inanimado. Quando os bombeiros chegaram ao local, o idoso estava já em paragem cardiorrespiratória.

A equipa da VMER de Viana do Castelo tentou manobras de reanimação, mas o óbito foi declarado no local.

"Espero que ele não volte cá, porque senão somos nós que vamos fazer a justiça, já que o tribunal não a faz", vincaram os familiares.

café dono homicídio arcos de valdevez
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)