O PALÁCIO DAS CINZAS

Xanana Gusmão já não mora no imponente palácio colonial que se debruça sobre a marginal de Díli. O presidente timorense bateu com a porta por não lhe agradar o gabinete minúsculo que o Governo colocou à sua disposição. E mudou-se de armas e bagagens para a antiga direcção dos transportes no tempo dos indonésios.
11.11.03
  • partilhe
  • 0
  • +
A nova casa presidencial não podia ter um nome mais sugestivo – Palácio das Cinzas. É que o edifício foi completamente devorado pela fúria dantesca que se seguiu ao anúncio dos resultados do referendo em 1999.
É ali que Xanana recebeu Morais Sarmento. As paredes estão queimadas na alma, os corredores sangram cinzas de revolta. A carga simbólica é enorme. O presidente não quer que se apague da memória a onda de violência indonésia que em 1999 varreu Timor do mapa.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!