Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

"Olhe que o abuso custa tanto, sem abuso custa menos", dizia padre exorcista

Humberto Gama tinha acusações desde 2004.
4 de Agosto de 2018 às 19:13
Padre Humberto Gama
Padre Humberto Gama
Padre Humberto Gama
Padre Humberto Gama
Padre Humberto Gama
Padre Humberto Gama
Padre Humberto Gama
Padre Humberto Gama
Padre Humberto Gama
As acusações de abusos durante exorcismos de Humberto Gama não são recentes. Em 2004 já havia denúncias de que o conhecido padre exorcista abusava das clientes e em 2008 Humberto Gama comentou essas mesmas acusações ao jornal Mirante. 

"Até estive para pôr um letreiro a dizer: olhe que o abuso custa tanto, sem abuso custa menos", disse. O polémico padre fez sessões de exorcismo durante anos e, segundo a mesma fonte, em 2008, o exorcista contava já com "três automóveis de luxo – dois Mercedes e um BMW". 

O consultório em Fátima foi aberto em 2003 por ser "mais central". Na altura garantia ao Mirante que a riqueza não lhe vinha das consultas. "Eu não preciso disto, vivo da minha reforma de professor. Cada um dá o que quer. Não cobro nada a ninguém", lê-se.

Até agora, Humberto de 79 anos nunca tinha sido detido pois as acusaçãoes nunca foram provadas.


Humberto Gama Fátima Mercedes padre BMW professor
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)