Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Pais de Maddie acusam o Supremo

Kate e Gerry pedem nulidade de acórdão.
18 de Fevereiro de 2017 às 04:01
juízes, supremo, tribunal, julgamento, inocência, McCann, Gonçalo Amaral, crime, Maddie, Algarve, praia da Luz, Kate, Gerry
Gonçalo Amaral escreveu livro onde defende tese de morte acidental
Casal McCann sentiu-se lesado pelo livro de Gonçalo Amaral, ‘Maddie: A Verdade da Mentira’
Maddie desapareceu em 2007 na Praia da Luz
juízes, supremo, tribunal, julgamento, inocência, McCann, Gonçalo Amaral, crime, Maddie, Algarve, praia da Luz, Kate, Gerry
Gonçalo Amaral escreveu livro onde defende tese de morte acidental
Casal McCann sentiu-se lesado pelo livro de Gonçalo Amaral, ‘Maddie: A Verdade da Mentira’
Maddie desapareceu em 2007 na Praia da Luz
juízes, supremo, tribunal, julgamento, inocência, McCann, Gonçalo Amaral, crime, Maddie, Algarve, praia da Luz, Kate, Gerry
Gonçalo Amaral escreveu livro onde defende tese de morte acidental
Casal McCann sentiu-se lesado pelo livro de Gonçalo Amaral, ‘Maddie: A Verdade da Mentira’
Maddie desapareceu em 2007 na Praia da Luz
O casal McCann, pais de Maddie, a menina inglesa desaparecida no Algarve em 2007, pediu a nulidade do acórdão do Supremo Tribunal de Justiça, classificando-o de leviano "por não ter sido possível ao Ministério Público obter indícios suficientes da prática de crimes pelos recorrentes".

O Supremo confirmou a decisão da Relação em revogar o pagamento de uma indemnização de 500 mil euros pelo ex-inspetor da PJ Gonçalo Amaral.
Maddie Gonçalo Amaral Maddie McCann Madeleine McCann Kate Gerry McCann pais Supremo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)