Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

PJ detém suspeito de atear fogo a casa devoluta em Vila Verde

Homem terá atuado por vingança.
Lusa 26 de Agosto de 2020 às 11:09
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária
A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem, de 49 anos, suspeito de ter ateado no domingo um incêndio numa casa devoluta em Vila Verde, no distrito de Braga, anunciou hoje aquela força policial.

Em comunicado, a PJ de Braga explica que o homem, detido na terça-feira, "terá atuado num quadro de vingança, potenciado pelo consumo de bebidas alcoólicas".

Segundo o texto, o detido, desempregado, "através de chama direta, ateou fogo ao interior de uma casa devoluta inserida numa propriedade privada, que se encontrava próxima de um aglomerado de habitações".

O fogo, "dada a rápida intervenção de populares residentes no local (...), apenas atingiu uma pequena área da casa".

No texto, a PJ salienta que o fogo, "porém, criou sério risco de propagação aos diversos materiais ali depositados, como madeiras e fardos de palha, criando um enorme risco potencial, alimentado pela carga combustível existente na área envolvente, traduzindo-se assim num elevado perigo concreto para os residentes na zona, bem como para as habitações circundantes".

A PJ explica que as diligências subsequentes "permitiram a recolha e consolidação de substanciais elementos de prova, que conduziram à detenção fora de flagrante delito" do suspeito.

O detido vai ser presente às autoridades judiciárias competentes para interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.

Vila Verde PJ Braga Polícia Judiciária crime lei e justiça polícia política crime crime
Ver comentários