Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Polícia roubava de arma e farda

Agente já está em prisão preventiva.
Magali Pinto e Sara G. Carrilho 14 de Março de 2015 às 09:14
Agente assaltou duas casas com um cúmplice
Agente assaltou duas casas com um cúmplice FOTO: Nuno Fernandes Veiga

Munido da arma de serviço e com a farda vestida, o agente da PSP, de 30 anos, assaltou duas casas no bairro de Santa Filomena, na Amadora, simulando buscas domiciliárias.

Escolheu alvos do bairro que, por estarem envolvidos em atividades ilícitas, acreditava que não iriam fazer queixa às autoridades. Mas as vítimas denunciaram os crimes – o polícia foi detido terça-feira pela Polícia Judiciária. No dia seguinte, foi-lhe aplicada prisão domiciliária.

O agente, que exercia funções na esquadra da Mina, Amadora, cometeu os dois assaltos há um ano e terá tido como cúmplice um familiar. Roubou peças em ouro e plasmas das duas casas. Após as denúncias, foi a própria PSP a encaminhar o processo para o Ministério Público. A investigação foi entregue à PJ, que deteve agora o polícia.

O agente já estava referenciado dentro da própria instituição. Foram abertos e estão ainda em curso processos disciplinares internos contra o polícia, ao qual o juiz que o interrogou, no Tribunal de Sintra, aplicou a medida de coação mais gravosa.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)