Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Posto de socorro da Cruz Vermelha em risco de fechar na Ilha da Culatra

Cerca de 400 famílias podem perder “um serviço indispensável”.
Tiago Griff 13 de Outubro de 2018 às 09:23
Cruz Vermelha começou a prestar assistência no posto instalado na ilha da Culatra em 2009
Cruz Vermelha
Cruz Vermelha
Cruz Vermelha
Cruz Vermelha começou a prestar assistência no posto instalado na ilha da Culatra em 2009
Cruz Vermelha
Cruz Vermelha
Cruz Vermelha
Cruz Vermelha começou a prestar assistência no posto instalado na ilha da Culatra em 2009
Cruz Vermelha
Cruz Vermelha
Cruz Vermelha
A ilha da Culatra está em risco de perder o posto local de atendimento da Cruz Vermelha por falta de apoio. A organização fala de uma dívida acumulada de milhares de euros, que é "incomportável", mas está a tentar encontrar apoios para manter os primeiros socorros na ilha. Já a associação de moradores não quer perder "um serviço indispensável para uma população que vive isolada".

"São 400 famílias, com crianças e idosos, que estão em risco de ficar sem uma socorrista que está disponível 24 horas por dia e que é praticamente a primeira pessoa a chegar quando há situações de emergência", explicou, ao CM, Sílvia Padinha, da Associação de Moradores da Culatra.

O fecho deve-se à falta de apoio financeiro, uma vez que é a Cruz Vermelha de Faro que tem assumido os custos por inteiro depois de, em 2012, ter terminado o Contrato de Desenvolvimento Local Social, que foi feito na inauguração, em 2009, e era a principal fonte de financiamento.

"Temos acumulado uma dívida de 20 mil euros por ano nos últimos três anos. Queremos que a estrutura se mantenha porque aquela população precisa, mas temos de conseguir apoios para a sustentar", disse ao CM Norberto Martins, presidente da delegação de Faro da Cruz Vermelha.

Para evitar o fecho, o dirigente tem-se desdobrado em reuniões com vários organismos, como a autarquia de Faro ou a ARS/Algarve para garantir verbas. A junta de freguesia local comprometeu-se a dar 2500 euros anuais.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)