Presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses ameaça guerra ao Governo

Reforma da Proteção Civil, que reorganiza o socorro no território português, está na base do protesto.
10.11.18
O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Jaime Marta Soares, ameaçou este sábado fazer guerra ao Governo com todas as formas de luta caso avance a anunciada reforma da Proteção Civil que reorganiza o socorro o território português.

O dirigente falava à margem da abertura do Conselho Nacional, em Bragança, apontando que esta reunião ocorre "num dos piores momentos da vida dos bombeiros portugueses" que pede "unidade e tomada de atitudes fortes que façam ver ao Governo do país que os bombeiros portugueses não são uma coisa qualquer".

O documento que irá sair do final dos trabalhos, em Bragança, resumirá as decisões sobre as formas de luta a tomar contra a proposta para a nova lei orgânica que se encontra em discussão pública e que foi aprovada em Conselho de Ministros a 25 de outubro prevendo criar cinco comandos regionais e 23 sub-regionais de emergência e proteção civil em vez dos atuais comandos distritais de operações e socorro.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!