Preso por violação em Viana do Castelo nega ameaças feitas por SMS

"Não fui eu", afirmou o arguido que está a cumprir uma pena de 15 anos de prisão.
Por Lusa|19.09.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O homem acusado de ameaçar, por mensagens enviadas a partir da prisão, o marido e a vizinha de uma mulher que terá seduzido através de uma rede social negou esta quarta-feira em tribunal a autoria do crime.

"Não fui eu", afirmou o arguido, a cumprir uma pena de 15 anos de prisão, perante o coletivo de juízes do tribunal de Viana do Castelo, no início de um julgamento por dois crimes de ameaça agravada, dois de ameaça simples e um de coação agravado.

Os crimes foram praticados sobre o marido e uma vizinha da mulher que alegadamente seduziu, no início de 2017, a partir da prisão, através das redes sociais, e com quem agora vai casar.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!