Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Prisão preventiva para casal suspeito de furtos qualificados em Leiria

Investigação prossegue sob direção do Ministério Público do DIAP de Porto de Mós.
Lusa 21 de Maio de 2018 às 16:40
Tribunal
Tribunal
Tribunal
Tribunal
Tribunal
Tribunal
Um casal suspeito de vários furtos qualificados na região de Leiria vai ficar em prisão preventiva a aguardar o desenrolar do processo, anunciou esta segunda-feira o Ministério Público de Leiria na sua página oficial.

O homem e a mulher "fortemente indiciados" da prática de nove crimes de furto qualificado foram detidos pela GNR, na quinta-feira, após uma investigação criminal coordenada pelos serviços do Ministério Público - Departamento de Investigação e Ação Penal de Porto de Mós (DIAP).

"Verificando-se a existência de perigo de continuação de atividade criminosa, no primeiro interrogatório judicial foi determinado que os dois arguidos aguardassem os trâmites do processo sujeitos, cumulativamente, às obrigações decorrentes do termo de identidade e residência (TIR) e à medida de prisão preventiva", informa o Ministério Público na sua página.

Dos autos resulta que, "entre os dias 23 de fevereiro e 04 de maio de 2018, os arguidos introduziram-se em nove residências situadas nas freguesias de Porto de Mós, Maceira e Batalha [distrito de Leiria], e do seu interior retiraram diversos bens, designadamente anéis, fios, brincos, pulseiras, cordões, medalhas, relógios, artigos de artesanato, máquinas fotográficas, computadores, 'tablet', televisores, forno de cozinha, loiça, garrafas de bebidas alcoólicas, máquina de sulfatar, motosserra, armas e importâncias monetárias, fazendo-os sua pertença".

No âmbito de buscas realizadas às residências dos arguidos, foram apreendidos vários objetos "por se suspeitar que os mesmos foram retirados de residências", refere ainda o MP.

A investigação prossegue sob direção do Ministério Público do DIAP de Porto de Mós, com a coadjuvação da GNR de Leiria.
Ver comentários