Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

PSP investigado por agressão na Amadora fez segurança a ex-ministro

Agente prestou serviço no Corpo de Segurança Pessoal, e foi mesmo louvado, em outubro de 2009.
Miguel Curado 23 de Janeiro de 2020 às 18:44
Cláudia Simões
Cláudia Simões FOTO: CMTV

O agente da PSP da Amadora que está de baixa após ter sido filmado a deter, com recurso à força física, Cláudia Simões, de 42 anos - que o acusa de agressões e racismo -, foi segurança do ex-ministro da Administração Interna Rui Pereira, no cargo entre 2007 e 2011.

O agente prestou serviço no Corpo de Segurança Pessoal (CSP) e foi mesmo louvado, em outubro de 2009, pelo antigo governante. Rui Pereira sublinhou, em Diário da República, "a lealdade, zelo, aprumo, discrição e total disponibilidade".

Depois de prestar serviço no CSP, o polícia saiu para a PSP da Amadora. E foi na condição de patrulheiro que, domingo, foi chamado a um pedido de auxílio de um motorista de autocarro. No local, deteve Cláudia Simões, que ainda o mordeu.

A ação policial participou está agora a ser investigada internamente pela PSP e também pela Inspeção-Geral da Administração Interna, por ordem do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, que ordenou o apuramento das circunstâncias da detenção.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)