Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

PSP esfaqueado na festa da Moita

Agente do Corpo de Intervenção de folga levou facada quando tentava travar agressões.
Ana Botto e Magali Pinto 21 de Setembro de 2014 às 08:55
Incidente ocorreu antes das largadas de touros
Incidente ocorreu antes das largadas de touros FOTO: D.R.

Um agente do Corpo de Intervenção da PSP ficou ferido ao levar uma facada, na sexta-feira, durante a Tarde do Fogareiro, uma celebração que acontece horas antes da largada de touros na Moita. O agente da PSP estava acompanhado de, pelo menos, mais dez colegas de equipa, mas estavam todos de folga. Segundo o CM apurou, três deles afastaram-se por breves instantes e presenciaram uma troca de insultos e agressões graves entre jovens. Decidiram intervir e um deles acabou ferido. Um outro jovem também foi atingido com uma faca.

Os dois feridos foram levados para o hospital do Barreiro para receberem assistência médica. Ambos tiveram alta durante a madrugada de ontem. O grupo responsável pelas agressões acabou por fugir do local. A confusão não foi maior porque os restantes colegas de equipa do agente da PSP esfaqueado conseguiram evitar mais confrontos. A GNR tomou conta da ocorrência e confirmou ao CM os desacatos. No local estavam cerca de 15 mil pessoas. A estes dois feridos juntam-se outros cinco, estes últimos atingidos durante as largadas de touros, que decorreram na semana das festas da Moita.

Também no fim de semana passado dois homens – um estudante de 27 anos e um construtor civil, de 46 anos – foram colhidos por touros. Acabaram por não resistir aos ferimentos graves sofridos e perderam a vida. A vítima mortal mais velha, Vítor Varela, residia na Moita e deixa três filhos, de 10, 16 e 21 anos. Foi projetado contra uma parede quando procurava fugir do touro. A segunda vítima, José Liza, de 27 anos, estudante de Engenharia Civil, do Politécnico de Setúbal, caiu no recinto e foi colhido por outro touro. Morreu horas depois no hospital do Barreiro. 

Corpo de Intervenção da PSP PSP hospital do Barreiro GNR Vítor Varela Moita Engenharia Civil
Ver comentários