Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Oito feridos em despiste de rali

Acidente em Santo Tirso.
30 de Abril de 2016 às 15:29
Carro foi contra a multidão que assistia ao rali
Carro foi contra a multidão que assistia ao rali FOTO: Santo Tirso TV

Um despiste no rali de Santo Tirso causou oito feridos leves este sábado.

Um dos carros, que participava na quinta e última etapa da prova, despistou-se e acabou por colher cerca de 40 pessoas do público.

O acidente deu-se pelas 14h50 em Monte Córdova, no concelho de Santo Tirso, tendo acorrido ao local os Bombeiros Tirsenses e os de Vila das Aves.

Os feridos foram transportados para os hospitais de Vila Nova de Famalicão e de Braga.

Conforme adiantou à agência Lusa fonte dos Bombeiros Tirsenses, os espectadores foram colhidos por um dos veículos em competição, que se despistou, "virando à esquerda quando a prova virava à direita".

As vítimas, acrescentou, encontravam-se num local "com bastante gente" e aparentemente sem perigo para os espectadores, onde "não era previsível" que pudessem ser atingidos.

Feridos deverão ter alta "em breve"
Os espetadores colhidos ao início da tarde por um dos veículos participantes no Rali de Santo Tirso "não inspiram cuidados" e deverão ter "alta em breve", disse à agência Lusa fonte do Centro Hospitalar do Médio Ave.

Segundo o chefe de equipa da urgência da Unidade de Santo Tirso daquele centro hospitalar, os feridos apenas foram para ali transportados "por precaução" e para "fazer alguns exames clínicos", mas "estão todos bem".

"Prevejo alta para breve", acrescentou.


Percurso neutralizado

A Câmara Municipal e o Clube Automóvel de Santo Tirso informaram que, devido ao despiste de um dos veículos em prova no Rali de Santo Tirso, o percurso entre Assunção/Valinhas foi neutralizado.

Em comunicado, a autarquia esclarece que o acidente ocorreu cerca das 15:00 em Monte Córdova, "quando uma das viaturas que participava na prova se despistou, tendo ido embater contra o perímetro de segurança".

"Face à situação, os espetadores que se encontravam no local fugiram e entraram em pânico. Registaram algumas quedas que levaram a ferimentos ligeiros de espetadores, com pequenas escoriações. Registou-se, ainda, um ferido com suspeita de fratura do maxilar", refere.

Garantindo que "todas as condições de segurança foram estabelecidas para a realização da prova", a Câmara Municipal e o Clube Automóvel de Santo Tirso dizem que "os feridos foram de imediato assistidos no local, graças ao plano de segurança da prova, e conduzidos para o Centro Hospitalar do Médio Ave", sendo que "nenhum espetador ficou, aparentemente, com ferimentos graves".

Feridos não terão sido atingidos pelo veículo
O presidente da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting disse hoje estar "em parte aliviado" por informações segundo as quais os espetadores hoje feridos no Rali de Santo Tirso não foram atingidos pelo veículo que se despistou.

"Pelas informações que tenho, o carro não embateu nos feridos, que estavam num sítio considerado de segurança. [Os espetadores] assustaram-se, desequilibraram-se ou caíram e magoaram-se, mas não houve contacto entre a viatura e as pessoas, o que para mim era o mais importante", afirmou Manuel Mello Breyner em declarações à agência Lusa.

Contactado pela Lusa na sequência do incidente ocorrido ao início da tarde de hoje no Rali de Santo Tirso - onde pelas 14:50 um dos veículos em prova se despistou em Monte Córdova, durante a 5.ª e última prova do rali no percurso era Assunção/Valinhas, causando ferimentos ligeiros em seis espetadores -- o dirigente federativo lamentou que só haja "eco sobre o desporto automóvel quando ocorrem acidentes".

Santo Tirso desporto ralis acidentes feridos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)