Ryanair força criança autista a sair de avião em Faro

Tripulação considerou que menina de 13 anos não estava com um adulto responsável, apesar de viajar com familiares.
Por João Mira Godinho|19.08.18
Uma menina, inglesa, de 13 anos, autista, foi obrigada a sair do avião onde se preparava para voar, de volta a Inglaterra, e ficar no aeroporto de Faro, por a Ryanair considerar que não viajava com qualquer adulto. No entanto, a madrinha, que viajava com ela, também teve de sair do avião para que a criança não ficasse sozinha no Algarve.

A situação aconteceu na sexta-feira, 10 de agosto. Segundo a imprensa inglesa, que ontem revelou o caso, Daisy Maddock estava já no avião da Ryanair, com destino ao aeroporto de East Midlands, no Reino Unido, depois da família ter celebrado o 70º aniversário da avó da menina no Algarve, quando tripulação a obrigou a sair da aeronave.

Isto apesar de com ela estarem ainda tios, primos e a madrinha da menina.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!