Sub-categorias

Notícia

Serviços prisionais adiam posse de 400 novos guardas

Formandos foram de férias.
Por Miguel Curado|12.03.18
Os 400 formandos do curso de guardas prisionais receberam ordens para irem de férias e só regressarem às cadeias onde estagiaram a 2 de abril, depois da Direção-Geral dos Serviços Prisionais (DGSP) ter anulado a data para a cerimónia de posse (27 de março).

Fonte oficial da DGSP disse ao CM que a anulação da cerimónia de formatura "se prende com a vontade de juntar numa cerimónia o fim de curso e o ato de posse". "A nova data não está ainda marcada", acrescentou. Jorge Alves, presidente do Sindicato Nacional da Guarda Prisional, referiu ao nosso jornal que este "adiamento ‘sine die’" da posse dos novos guardas, "só lhes traz interrogações". "Eles vão voltar de férias sem serem guardas, mas também já não são estagiários. Além disso, houve formandos que já pagaram passagens – para os próprios e para familiares – tendo em vista a cerimónia de 27 de março", referiu. A DGSP garante que irá reembolsar estas despesas, "após análise caso a caso".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!