Sócrates diz que vive em casa de "um primo muito querido" na Ericeira

Antigo primeiro-ministro queixa-se de devassa da sua vida privada e lança farpas ao Ministério Público.
30.11.18

José Sócrates falou esta sexta-feira sobre a sua mudança de Lisboa para uma casa na Ericeira, que pertence a um primo seu.

"Eu saí de uma casa que estava alugada e aceitei o convite de um familiar que me é muito próximo, um primo que é muito querido e que tinha esta casa fechada", disse o principal arguido do Processo Marquês.

Sem detalhar grandes pormenores - conforme o CM noiticiou, a casa pertence a José Paulo Pinto de Sousa, que a recebeu de um empresário Angolano do qual era credor - Sócrates adianta que a combinação que fez com o familiar "só a eles diz respeito", sizendo-se vítima de "devassa da vida privada".

O antigo primeiro-ministro voltou a lançar farpas à investigação da Operação Marquês: "O processo Marquês sempre foi isto, a tentativa de transformar um processo criminal em devassa da vida privada. Vocês estão a fazer o que o Ministério Público vos manda fazer, que é lançar dúvidas e suspeições",

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!