Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

“Vi um padre a tirar o diabo”

O taxista Domingos Simões Macedo é agnóstico, mas respeita todas as crenças. E não nega que o episódio mais marcante dos 25 anos que leva ao volante do seu carro de praça foi ver o antigo pároco de Torrados, em Felgueiras, a fazer um exorcismo.

10 de Abril de 2009 às 00:30
Domingos Macedo, taxista
Domingos Macedo, taxista FOTO: Miguel Pereira

"Eu vi o padre a tirar o diabo do corpo a uma mulher", diz este profissional, de 62 anos, com praça em Vila do Conde. E contou:

"O padre de Torrados era muito conhecido no Norte do País. Ia lá gente de todo o lado pedir para ele lhes fazer exorcismos. O bispo tinha-o proibido de realizar aqueles serviços, mas ele não tinha coragem de dizer que não às dezenas de pessoas que todos os dias lá iam e continuava a fazê-los.

Um dia, um senhor que já morreu bateu-me à porta à meia-noite para o levar, com a mulher, ao padre de Torrados. Eu disse-lhe que era cedo, mas ele insistiu, porque senão juntava-se muita gente, e eu lá fui.

Quando lá chegámos, já lá estavam cinco pessoas. Na vez dele, a mulher não queria entrar na casa do padre. Começou a fazer caretas, a berrar, enfim, parecia fora de si. O padre lá andou de volta, até que, quando disse: ‘Sai do corpo dessa mulher’, ela caiu no chão e ficou como um cordeirinho. Isto vi eu, ninguém me contou".

O táxi volta de hoje a oito dias.

Ver comentários