Agricultores ponderam desistir de projetos para reconstruir o que ardeu em 2017

Trabalhadores do setor justificam medida face à percentagem de apoio do Estado ser reduzida.
02.08.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Produtores agrícolas afetados pelos incêndios de 15 de outubro de 2017 disseram esta quinta-feira à agência Lusa ponderar desistir dos projetos de reconstrução face à percentagem reduzida do apoio que recebem do Estado.

Paulo Rogério, pastor e proprietário de uma queijaria de Oliveira do Hospital, contabilizou, aquando dos fogos de outubro, 132 ovelhas adultas mortas, com 50 borregos e mais 140 ovelhas de dois pastores a quem comprava leite. Para além disso, perdeu alfaias e barracões.

O prejuízo totalizava 200 mil euros, mas avançou com um projeto de apenas 108 mil euros devido ao apoio dado (50% acima dos 50 mil euros) e viu-lhe ser declarado como despesa elegível 62 mil euros, recebendo uma comparticipação de 42 mil euros - menos de um quarto do prejuízo que teve.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!