Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Aluno hiperativo acaba com aula

Menino de seis anos já mordeu professora e arremessou mesas e cadeiras para o corredor. 
2 de Novembro de 2013 às 20:18
Angelo Figueiredo diz que o aluno precisa de ser ajudado e que deve continuar a frequentar a escola
Angelo Figueiredo diz que o aluno precisa de ser ajudado e que deve continuar a frequentar a escola FOTO: Nuno André Ferreira

Um aluno de seis anos com sintomas de sofrer de hiperatividade tem ataques de fúria durante as aulas e está a causar alvoroço na Escola de Mesquitela, em Mangualde. Os pais das outras crianças estão apreensivos com o comportamento agressivo da criança.

Nas últimas semanas, foram dois os episódios em que o menino interrompeu as aulas. Num dos casos andou por debaixo das mesas dos colegas e mordeu a professora de Inglês. Na terça-feira, na mesma disciplina, teve novo ataque de fúria e atirou cadeiras e mesa para o rés-do-chão da escola, bem como material escolar. A docente foi obrigada a suspender a aula.

Agnelo Figueiredo, diretor do Agrupamento de Escolas de Mangualde, comunicou os dois casos à Comissão de Proteção de Crianças e Jovens.

"Temos de saber quais as razões para este comportamento da criança. Se sofre de alguma patologia ou se é de outra coisa", afirma o responsável", frisando que a escola "tem funcionado normalmente" e que o aluno "tem ido às aulas".

"Ele reage mal sempre que é contrariado, mas achamos que o melhor local para o corrigir é continuar nas aulas", diz o responsável, adiantando que o menor já foi observado pelo psicólogo da escola.

hiperativo professora aula escola Mangualde comportamento
Ver comentários