Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Catedráticos reformam-se com 5300€ de pensão

Valor mais alto de 6129 € vai para dois Juízes Conselheiros.
Miguel Alexandre Ganhão(miguelganhao@cmjornal.pt) 7 de Agosto de 2018 às 02:58
O professor catedrático José Barata Moura
O cirurgião Manuel Antunes
O professor catedrático José Barata Moura
O cirurgião Manuel Antunes
O professor catedrático José Barata Moura
O cirurgião Manuel Antunes
Os professores catedráticos José Barata Moura, da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, e Manuel Antunes, da Universidade de Coimbra, vão receber uma pensão de reforma superior a 5300 € mês a partir de setembro, segundo a listagem ontem publicada em Diário da República.

Barata Moura, também conhecido pelas canções infantis que compôs nos anos 70 e pelo programa da RTP ‘Fungagá da Bicharada’, foi reitor durante oito anos da Universidade de Lisboa. O cirurgião Manuel Antunes reformou-se por limite de idade do Serviço Nacional de Saúde.

Também o antigo reitor da Universidade do Porto, Sebastião Feyo Azevedo, reformou-se com uma pensão de 5487 €. No entanto, a pensão mais alta, no valor de 6129 €, foi atribuída a dois Juízes Conselheiros.
Ver comentários