Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Dança sensual em igreja gera indignação em Leiria

Católicos e vereadores do PSD indignados com performance do festival Metadança.
28 de Julho de 2018 às 10:33
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria
Espetáculo foi realizado na Igreja da Misericórdia, em Leiria

Os vereadores do PSD, Álvaro Madureira e Fernando Costa, mostraram-se "chocados" e em desacordo com o espetáculo de dança moderna realizado na Igreja da Misericórdia, no centro histórico de Leiria. As fotografias da performance foram divulgadas no passado dia 24 de julho e geraram polémica entre os vereadores.

De acordo com o jornal Região de Leiria, o espetáculo foi organizado em abril, no âmbito do festival Metadança 2018. As fotos divulgadas na Internet causaram despertaram críticas por parte da  Diocese de Leiria-Fátima e da Santa Casa da Misericórdia de Leiria.

O vereador Álvaro Madureira considera este espetáculo "uma situação um pouco desagradável", dado que os "jovens atuaram com vestimentas menos adequada para o local", avança o mesmo jornal. Acrescenta ainda que "as reações foram muito fortes nas redes sociais. É um lugar profano, mas que ainda tem os símbolos de uma religião e choca ver jovens com vestimentas menos adequadas, em cima do altar, em posições que chocam para o contexto e para o espaço. As reações foram muito negativas e lamentamos que seja usado aquele espaço para este tipo de programa".

O vereador sublinha ainda que houve reações de todo o mundo em relação ao sucedido e que é importante "sensibilidade na gestão dos espaços".

Em declarações dadas ao jornal local, o vereador Fernando Costa, também do PSD também em crítica à performance, diz que "a Igreja da Misericórdia não é um espaço público e profano qualquer" e "não pode ser utilizado para fins considerados contra os princípios da moral e da ética cristãs".

O espetáculo foi organizado com a autorização do vereador da Cultura que permitiu a utilização do espaço para a realização da performance de dança contemporânea. Gonçalo Lopes é também vice-presidente da câmara liderada pelo socialista Raúl Miguel Castro.

Já o vereador social democrata Fernando Costa reitera que se sente ofendido com a atuação naquele local: "Eu que sou cristão, católico, não praticante, sinto-me ofendido por o senhor vereador da Cultura estar a tratar a Igreja da Misericórdia como um palco qualquer, como se não tivesse sido uma igreja, como se não estivesse lá um altar e as imagens religiosas", diz Fernando Costa, ao Região de Leiria, concluindo: "Fazer ali espetáculos que ofendam as tradições religiosas é inapropriado, inadmissível e tem o meu protesto veemente".

Na internet surgiram várias críticas de pessoas indignadac com o espetáculo que caracterizam como "uma dança como sensual", considerada ilegítima naquele espaço. No blogue 'Senzapagare', por exemplo, é dito ainda que as fotografias "escandalizaram os fiéis e é-lhes devida uma explicação e uma reparação do mal feito."

A Associação Cultural Metadança explica ao Região de Leiria que não houve qualquer intenção de chocar ou interferir com algum tipo de religião. A organização diz que não teve intenção de gerar controvérsia.

A Igreja da Misericórdia já não é usada para culto público. O templo necessitava de um restauro bastante dispendioso, pelo que, em 2014, o Bispo de Leiria-Fátima, agora Cardeal António Marto, assinou o decreto de redução do espaço a uso profano.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)