Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Conheça aqui os conselhos da DGS sobre como agir no Natal para evitar contágios de Covid-19

Cozinhas são os locais de alto risco porque são os espaços de convívio entre as famílias.
15 de Dezembro de 2020 às 16:00
Portugal
Portugal FOTO: Pedro Catarino
O subdiretor-geral da Saúde, Rui Portugal, alertou durante a conferência de imprensa da Direção Geral da Saúde para 10 conselhos a ter em conta nesta época natalícia.

Saiba quais:
1 - Cumprir todas as regras que estejam em vigor no Natal. Relativamente ao concelho, região e país.
2 - Se estiver doente ou se lhe foi aconselhado o isolamento profilático deve cumprir as regras. Se sabe que um familiar está doente e esteve em contacto com ele, deve manter-se afastado e isolado. Deve apoiar os que estão doentes.
3- Reduzir os contactos antes da quadra festiva e durante esse período. Em vez de socializar com um número vasto de pessoas devemos tentar reduzir esse número substancialmente. 
4 - Em todos os contactos que vamos ter, reduzir todo o tempo de exposição. Tentar estar num tempo limitado. Saber usar os espaços exteriores. 
5 - Reduzir os contactos no núcleo familiar. Devemos estar apenas com quem coabitamos. Devemos reduzir contacto com os nossos familiares com quem não vivemos.
6 - Preferencialmente, devemos limitar celebrações e contactos. Devemos ter contacto com os outros membros da família e amigos por meios digitais, por visitas rápidas no quintal de uns e de outros, com troca simbólica de presentes.
7 - Devemos ter distanciamento físico em todas as ocasiões. Quando nos deslocamos na preparação das refeições devemos ter especial atenção pois as cozinhas são locais de alto risco porque são os espaços de convívio entre famílias. Deve manter-se um metro e meio a dois metros de distância e evitar os cumprimentos tradicionais. 
8 - Arejamento dos espaços, estar em espaços de maior volume por serem espaços de maior proteção. Os espaços devem ser repetidamente desinfetados e os objetos de partilha comum também.
9 - Fazer as coisas simples: lavar e desinfetar as mãos, a etiqueta respiratória, a utilização da máscara em espaços fechados e nas nossas reuniões familiares em agregados não coabitantes e manter o distanciamento físico
10 - Não partilhar objetos como talheres e copos durante reuniões familiares. Tentar ao máximo proteger o outro. 
Direção Geral da Saúde Rui Portugal DGS Covid-19 Saúde questões sociais política conselhos coronavírus
Ver comentários